segunda-feira, 8 de março de 2010

Destaque da semana: Tempos Idos c/ Monarco, Elton Medeiros e Fabiana Cozza


"Os tempos idos, nunca esquecidos
Trazem saudades ao recordar
É com tristeza que relembro
Coisas remotas que não vêm mais
Uma escola na Praça Onze
Testemunha ocular
E, perto dela uma balança
Onde os malandros iam sambar"
Carlos Cachaça e Cartola

No embalo deste samba acontece um dos destaques desta semana no samba. Como testemunhas oculares deste tempos idos, surgem no palco o vigoroso Monarco e o inquieto e sensível Elton Medeiros. Dois verdadeiros "monstros" da história do samba contemporâneo.

Elton Medeiros merece um post a parte tamanha sua grandiosidade e importância, mas em suma foi parceiro de Zé Ketti, Cartola e Paulinho da Viola. Precisa algo mais?

Confira o show do mestre na caixinha de fósforo em uma das suas poucas canções clássicas do samba:



Monarco é a principal voz viva da Portela e um standart do samba popular e de escolas de samba. Este ainda contará com o apoio de ninguém menos que Fabiana Cozza, ao meu modo de ver a maior cantora de samba atual.

O show acontece no sábado e domingo no Sesc Pinheiros, e presta homenagem aos centenários de Cartola (2009) e Noel Rosa (2010), com destaque para três referências: o samba "Tempo Idos" de Cartola e Carlos Cachaça, "Feitio de Oração", de Noel Rosa e Vadico e "Nossos Pioneiros" de autoria de Monarco. Além deles, o repertório inclui Pixinguinha, Ismael Silva, Bidê e Marçal, entre outros.

Quem: Elton Medeiros, Monarco e Fabiana Cozza
Quanto: R$20 inteira
Quando: 13 e 14/03
Onde: Sesc Pinheiros
Horário: 21h e 18h respectivamente


PS: Elton Medeiros estava na programação do Sesc, mas não está mais no site. Presença a ser confirmada.

3 comentários:

Gabriel Arantes Cecilio disse...

Muito bom, Mr. Rotta!

Lucas Lolli disse...

Cara, só vim deixar os parabéns pelo blog, vou acompanhar sempre pra saber que tá rolando de bom na cidade.

Renato Rotta disse...

Boa noite,

Obrigado pelos comentários. Ambos são sempre bem-vindos a este espaço do samba.

Abraços